Camacan registra caso de hanseníase, Itaberaba está entre os municípios com maior ocorrência de casos

0

Entre o dia 1 de janeiro e esta quinta-feira, os municípios do sul da Bahia registraram 20 casos de hanseníase. Os novos casos sugiram em Itabuna, Ilhéus, Camacan, Almadina, Arataca, Ibicaraí, Ubatã e Una.
Itabuna, Almadina e Ilhéus concentram 50% dos casos de hanseníase no sul da Bahia neste ano. No geral, no estado, Salvador, Juazeiro, Feira de Santana e Itaberaba são as localidades com a maior quantidade de notificações.


São 120 casos nesses municípios, sendo 60 em Salvador. Na Bahia já foram notificados 420 ocorrências. Durante todo o ano passado foram 3.234 casos no estado. Ilhéus e Itabuna fizeram 100 notificações, 65 em Ilhéus.

Sintomas da hanseníase

A notícia continua após esta Publicidade

Os sinais e sintomas da hanseníase estão localizados principalmente nas extremidades das mãos e dos pés, na face, nas orelhas, nas costas, nas nádegas e nas pernas.

Abaixo segue uma lista dos sinais e sintomas mais comuns da hanseníase:

  • Manchas esbranquiçadas, avermelhadas ou amarronzadas em qualquer parte do corpo.
  • Área de pele seca e com falta de suor.
  • Área da pele com queda de pêlos, mais especialmente nas sobrancelhas.
  • Área da pele com perda ou ausência de sensibilidade (dormências, diminuição da sensibilidade ao toque, calor ou dor). Neste caso, pode ocorrer de uma pessoa se queimar no fogão e nem perceber, indo verificar a lesão avermelhada da queimadura na pele mais tarde.
  • Parestesias (sensação de formigamento na pele, principalmente das mãos e dos pés).
  • Dor e sensação de choque, fisgadas e agulhadas ao longo dos nervos dos braços e das pernas.
  • Edema ou inchaço de mãos e pés.
  • Diminuição da força dos músculos das mãos, pés e face devido à inflamação de nervos, que nesses casos podem estar engrossados e doloridos.
  • Úlceras de pernas e pés.
  • Nódulo (caroços) no corpo, em alguns casos avermelhados e dolorosos.

Alguns casos apresentam doença sistêmica (que afeta todo o organismo). Eles são mais avançados e muitas vezes o diagnóstico não é lembrado. Por isso é importante observar os sinais e sintomas descritos a seguir e, na hipótese diagnóstica de hanseníase, fazer um bom exame neurológico.

Os sinais e sintomas mais comuns nas formas mais graves da hanseníase são:

  • Febre, edemas e dor nas juntas.
  • Entupimento, sangramento, ferida e ressecamento do nariz e olhos.
  • Mal estar geral, emagrecimento.

A doença se desenvolve lentamente, mas pode causar reações agudas (febre, caroços no corpo, inchaços) e neurites (dor e formigamento nos nervos, dormência, diminuição da força muscular das mãos e dos pés, acarretando prejuízo de movimentos finos, a exemplo do movimento de pinça com os dedos) e incapacidades físicas que evoluem para deformidades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here