Enquanto em Itaberaba as obras nunca terminam, IFBA forma primeiras turmas em Seabra

1

Nessa quinta-feira, 30 de julho, o auditório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), em Seabra, foi palco para a primeira solenidade de formatura do câmpus. 21 concluintes do curso técnico de meio ambiente, forma subsequente, receberam o certificado e, ao lado de familiares e amigos, celebraram suas conquistas.

Na ocasião, estiveram presentes representantes do poder público municipal e estadual, do empresariado e da sociedade civil organizada, além de integrantes do IFBA, com destaque para o diretor geral do Câmpus Seabra, Robson Menezes; o diretor acadêmico, Edinelson dos Santos; o professor Lúcio dos Anjos, patrono das turmas; a docente Rosângela Teles, paraninfa; o professor Carlos Eduardo Carvalhido, padrinho dos formandos, e o funcionário terceirizado homenageado, Roque dos Anjos, que compuseram a mesa de honra.

link-zap
Loading...

11825949_890770014329983_1355435470651457906_n
Após a entrada dos concluintes, o diretor geral declarou aberta a sessão solene e todos participaram da execução do hino nacional. Em seguida, foi a vez dos discursos. Na sua fala, o diretor acadêmico ressaltou a importância desse momento histórico e lembrou aos formandos que o ciclo recomeça no mundo do trabalho. “Continuem buscando conhecimento, não parem por aqui!”, disse Edinelson dos Santos.

O patrono das turmas manifestou a satisfação com a escolha e declarou que aprendeu muito com os estudantes. Citando Freud, lembrou que o amor e a realização pessoal regem a vida das pessoas. “Sou eternamente grato por ter sido lembrado dessa forma! Vocês são verdadeiros guerreiros e guerreiras. Apesar de todas as dificuldades, venceram e hoje estão se formando. São de rocha, firmes. Esse é o cume do Everest ou do Morro do Pai Inácio, a depender do ponto de vista”, declarou Lúcio.

11781853_890767784330206_3194745501197131127_n

O padrinho das turmas descreveu características dos concluintes, chamando-os de pioneiros e desbravadores; jovens com espírito de luta, perseverantes e pacientes. “Sou testemunha do amadurecimento de vocês!”. Citando Chico Mendes, reforçou a responsabilidade ambiental dos futuros técnicos e o compromisso com a humanidade. “Espero recebê-los novamente nos cursos superiores que iremos oferecer, em breve”, finalizou Carlos Eduardo Carvalhido.

A docente Rosângela fez uma breve retrospectiva dos momentos mais felizes e afirmou que foi criada uma rede, com vínculos pessoas e profissionais que serão para toda a vida. “Sejam éticos e honestos, deem o melhor no trabalho de vocês”, acrescentou a paraninfa. O funcionário homenageado, Roque dos Anjos, rememorou as horas em que acolheu os jovens: “Não desistam, porque a vida é difícil mesmo. Fiquei muito feliz com a homenagem. Saibam que eu dou a mão pra levantar todos nós”.
11781685_890769427663375_5565701494141338843_n
A oradora dos formandos, Tatiane Silva, emocionou a plateia, descrevendo os desafios e as vitórias das turmas, diante do curso novo. “Enchemos os olhos com a chegada do IFBA a Seabra. E quando fomos aprovados no processo seletivo, ficamos ainda mais empolgados. Os laboratórios modernos, o corpo docente extremamente qualificado e os laboratórios abertos da Chapada Diamantina produziram um aprendizado nunca antes experimentado no nosso ensino médio.

Aprendemos a protestar e conseguimos implantar a primeira residência estudantil dos IFs na Bahia, além de convênios de estágio com órgãos ambientais da cidade. Enfrentamos três greves e nos formamos após três anos e meio, mas hoje somos seres humanos melhores. Daqui partimos para conquistar o mundo”. No fim da sua fala, agradeceu aos pais e entoou trechos de uma canção, concluindo com a seguinte frase: “A gente nasce pra vencer”.

Segundo o diretor geral, Robson Menezes, a ocasião foi para celebrar e agradecer. Parabenizando os formandos e todos os integrantes da comunidade IFBA, ao lado dos pais e convidados, ele falou sobre o início do câmpus, ainda em instalações provisórias na Universidade do Estado da Bahia (Uneb) e ressaltou a contribuição do funcionário homenageado, que ajudou a construir o lugar. Robson aproveitou, ainda, para anunciar as novidades, como a edificação de 12 salas de aula. “Uma instituição solidificada possibilita a base para voos mais altos. Lembrem-se: a formatura não é o fim da linha, mas o início de novos desafios. Espero ter contribuído, não apenas com a formação intelectual, mas, principalmente, no preparo de verdadeiros cidadãos”, aconselhou.

Após a série de discursos, foram exibidos vídeos que destacaram o cotidiano das turmas, com diversas imagens das visitas técnicas e aulas práticas. Na sequência, a formanda Sílvia Patrícia Leite fez o juramento e recebeu o certificado de conclusão das mãos do diretor geral, seguida por seus colegas.

Para o formando Sisnando Vilas Boas, que já está atuando na área e cursando as graduações de gestão ambiental e jornalismo, o IFBA abriu as portas para o mundo do trabalho e a vida acadêmica. “Fiz meu estágio na Secretaria de Meio Ambiente de Seabra e continuo trabalhando lá. Através do Institutp, participei de atividades de pesquisa e extensão, conheci vários lugares e pessoas. Tive professores marcantes, que trouxeram uma bagagem muito importante pra minha formação. Hoje me sinto bem preparado para prestar concurso público e atuar na área”, declarou.

No encerramento da solenidade, os concluintes fizeram a foto oficial e, com muita alegria, lançaram seus capelos ao alto. Quase 150 pessoas estiveram no auditório do câmpus para prestigiar os futuros profissionais.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here