Mais de 70 mil documentos ‘esquecidos’ em unidades do SAC na Bahia

0

Em Itaberaba, mais de 440 documentos estão aguardando a retirada.

Publicidade

Mais de 70 mil documentos foram ‘esquecidos’ nas 63 unidades do SAC no estado da Bahia. Para pegar os documentos, o procedimento é simples. Basta comparecer na unidade SAC onde foi feita a solicitação e levar o protocolo de atendimento ou documento com foto.

No total, existem 74.912 documentos represados. Esse número é fruto de um levantamento que corresponde a documentos acumulados nos postos entre outubro de 2017 e março de 2018.

A Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) lidera o ranking com 32.010 documentos “esquecidos” pelos cidadãos baianos. Em seguida vem a Carteira de Identidade, que possui 25.465 unidades, e a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), com 9.306.

O abandono dos documentos nos postos gera problemas operacionais e custos para o Estado, por causa do armazenamento, além de prejuízo para os cidadãos, que pagaram pelo serviço.

Entre os 13 postos da capital e Região Metropolitana de Salvador (RMS), o Barra possui o maior montante de documentos represados (8.807), seguido pelo Paralela (4.848) e Comércio (4.304).

Nas 21 unidades do interior da Bahia, o maior número de documentos represados cabe à Barreiras (4.488), em seguida Irecê (3.425), e por último Ilhéus, com 3.055 documentos. Já nos 29 Pontos SAC, o município de Luís Eduardo Magalhães lidera com 648 documentos represados, seguido por Inhambupe (589), e Itaberaba, com 441.

De acordo com a diretora Operacional da Superintendência de Atendimento ao Cidadão (SAC) da Secretaria da Administração (Saeb), Carla Santiago, a partir de 30 dias na unidade ele já é considerado como um documento represado.

No caso de CTPS, o documento fica no posto até que o cidadão vá buscá-lo. A CNH é represada pelo seu tempo de validade, que são cinco anos. Já o RG, após seis meses, é incinerado.

Atualmente, o custo para tirar Carteira de Identidade é de R$ 36,25, e tempo máximo de entrega é de 15 dias úteis. Para renovar a CHN, o valor declarado pelo órgão é de R$ 159, sendo que o exame médico no valor de R$ 135 deve ser pago em clínica credenciada ao Detran.

Para receber o documento na capital o prazo é de oito dias úteis, no interior depende da logística de malotes. A CTPS é gratuita e leva até 15 dias úteis para ficar pronta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here