Natal sem emprego em Itaberaba

0

Entre os meses de janeiro e novembro deste ano, Itaberaba acumulou uma perda de de 282 empregos de Carteira assinada. As informações são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged/MTE), divulgado ontem pelo Ministério do Trabalho e Emprego. No mês de novembro, a cidade contabilizou um saldo de 10 postos de trabalho com carteira assinada.

Publicidade

No acumulado dos 11 primeiros meses do ano, o resultado expressa a diferença entre o total de 1.650 admissões e 1.922 desligamentos. Dos oito setores de atividade, apenas dois tiveram saldos positivos. O maior saldo foi do Comércio (+139 postos), seguido pelo setor de serviços (+90 postos) .

A tragédia ocorrida em dezembro de 2013 na cidade de lajedinho fez crescer o numero de empregos com carteira assinada naquele município no setor de construção civil. As obras de reconstrução da cidade gerou 69 empregos formais. O acumulado de janeiro a novembro em Lajedinho, foram de 71 novos postos de trabalho.

Dos municípios vizinhos à Itaberaba, Ipirá  foi o que mais gerou emprego neste período, um total de 658 novos empregos formais. Em seguida, o município de Ruy Barbosa com 151 empregos e o município de Iaçu com 116. Boa Vista do Tupim gerou 14 empregos.

No Brasil inteiro, o saldo também foi positivo em novembro, com 8.381 vagas no mês. Apesar de positivo, o número mostra uma forte perda de fôlego em relação ao resultado apurado no mesmo mês do ano passado.

Com o resultado divulgado ontem, o mercado de trabalho brasileiro acumula geração de 938.043  empregos formais até novembro, o menor resultado para o acumulado do ano desde 2003 (860.887 postos).

Trabalho

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here