Operação resgata mais de 2 mil animais e apreende armas

0

Coordenada pelo Ministério Público da Bahia através do NURP – Núcleo de Defesa do Rio Paraguaçu e da Promotoria Especializada em Meio Ambiente, a 36ª edição da Operação denominada FPI – Fiscalização Preventiva Integrada, foi realizada na região do Paraguaçu, no período de 27 de julho a 07 de agosto de 2015.

A operação reuniu diversos órgãos em defesa do meio ambiente e contou com a participação de diversos órgãos estaduais e federais, entre os quais a Polícia Rodoviária Federal – PRF.

Durante a operação, ao todo, 2.380 animais foram entregues ou resgatados pelas equipes, dentre eles, diversas aves, jabutis, cobras, etc. Além disso, 64 armas de fogo foram apreendidas, 11 pessoas detidas e duas serrarias interditadas. Esses números foram maiores que todas as outras edições da FPI.

link-zap
Loading...

84159-3
Alguns casos chamaram bastante atenção dos especialistas, como o de um homem que foi detido por falsificar anilhas – objeto utilizado para comprovar a origem legal das aves –, fato ocorrido na zona rural de Itaberaba, onde foram encontrados em sua residência, 37 pássaros com sinais de maus-tratos.

Alguns animais foram soltos em reservas e outros foram encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres – CETAS, de Vitória da Conquista, onde passaram pela avaliação de especialistas, sendo adotadas as medidas necessárias para cada caso, com objetivo de restabelecerem condições de serem reintegrados à natureza, com devido monitoramento.

A Operação FPI encerrará suas atividades com a realização de audiência pública no Ministério Público da Bahia de Itaberaba, onde serão apresentados os resultados dos trabalhos das diversas equipes que compõem a Operação Fiscalização Preventiva Integrada.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here