Sob muito calor chuvas voltam a cair em Itaberaba

1

Com uma temperatura media de 31°C, a primeira semana do ano tem sido de muito calor em Itaberaba e com a aproximação de nuvens super carregadas de água, as chuvas tem se tornado mais frequentes estes dias.
Na noite desta quinta-feira (07) uma forte chuva despencou sobre o solo itaberabense provocando vários pontos de alagamento na cidade.

A maioria das localidades que sofrem nos períodos chuvosos já são recorrentes e de conhecimento dos órgãos competentes, que pouco fazem para melhorar a situação. Moradores do Bairro São João, na localidade conhecida como malvinas, Açude Novo, Jardim das Palmeiras, Bairro da Roda Viva, Alameda das Umburanas, Sem Teto, Campo do Governo e diversos outros bairros reclamam constantemente da grande quantidade de lama e alagamentos.

Um mar se formou na Avenida Ruy Barbosa
Um mar se formou na Avenida Ruy Barbosa – Foto por WhatsApp

Relato de um morador do bairro das Malvinas:

smartphone
Desabafo de um morador do bairro das Malvinas – reprodução WhatsApp

Até ruas, que teoricamente seriam bem estruturadas no centro da cidade se transformam em verdadeiros rios com correntezas muito fortes como pode ser vista no vídeo a baixo em que até uma moto chegou a ser arrastada.

De acordo com o instituto de meteorologia ClimaTempo, para esta sexta-feira (08) a temperatura poderá chegar a 32 ºC com 88% de umidade relativa e 99% para ocorrência fortes pancadas de chuva. O instituto prever ainda que o final de semana inteiro será parcialmente nublado com grande possibilidade de chuva.
Então se for sair, não esqueça de levar um guarda-chuva.    (Redação: Fernando Santos – Itaberaba Notícias)

Alagamento na Rubens Ribeiro (Vídeo por WhatsApp)

Alagamento na Praça do Coqueiro  (Vídeo por WhatsApp)

1 COMENTÁRIO

  1. É cansativo as vezes não surte efeito, mas é verdade o poder público não cuida da cidade e nos bairros que são mais baixos com propensão a alagamentos, Prefeito tem que prever, cuidar e estruturar para quando acontecer estas chuvas intensas possam evitar sofrimento para a população que paga seus impostos e a quem deve receber no mínimo segurança para evitar tantos prejuízos que nossa população esta sofrendo agora!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here