Associação dá dicas para troca de presentes de Natal

0

O período após o dia 25 de dezembro marca o início das trocas de presentes de Natal em todo o país, mas é preciso ter cuidado para não ter problemas ao visitar a loja. Segundo o Código de Defesa do Consumidor, bens duráveis como roupas, brinquedos e celulares podem ser trocados em até 90 dias, e não duráveis, como alimentos, em 30 dias. Caso o presente tenha algum defeito, o consumidor precisará levar a nota fiscal até a loja em que o produto foi adquirido. Caso o incômodo seja apenas por não se gostar da cor ou do modelo, contudo, o fornecedor não é obrigado a oferecer outras opções. De acordo com a advogada Tatiana Viola de Queiroz, da Proteste Associação de Consumidores, o lojista tem que ter oferecido a opção no ato da compra. “Aí, ele se vincula a essa oferta e é obrigado a trocar. Nesses casos, o fornecedor pode estabelecer algumas regras para efetivar a troca, como horário e dia”, esclarece. No caso de compras feitas pela internet, telefone ou catálogo, o prazo para devolução ou troca é de apenas sete dias. Segundo o A Tarde, o período só é estendido para 90 dias caso seja identificado algum problema de fabricação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here