Globo, Uol, Veja e Folha de S. Paulo são os veículos que mais recebem verba federal

0

Nos 12 anos do governo do PT – que abrangem os mandatos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff – a Rede Globo e as 5 emissoras de propriedade do Grupo Globo (em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Brasília e Recife) receberam um total de R$ 6,2 bilhões em publicidade estatal federal. Em comparação, a Record teve R$ 2 bilhões de verbas, o SBT recebeu R$ 1,6 bilhão e a Band ficou com R$ 1 bilhão. Os dados foram obtidos com exclusividade pelo jornalista Fernando Rodrigues, do Uol. Só a Rede Bahia, afiliada da TV Globo em Salvador, teve um faturamento de R$ 50,9 milhões no período. O volume total de publicidade federal destinado para emissoras próprias do Grupo Globo é quase a metade do que foi gasto pelas administrações de Lula e Dilma para fazer propaganda em todas as TVs do país. Ao todo, foram consumidos R$ 13,9 bilhões para veicular comerciais estatais em TVs abertas no período do PT na Presidência da República. Já os jornais impressos arrecadaram R$ 2,1 bilhões com a publicação de propagandas da administração petista. Desse total, R$ 730,3 milhões (35%) foram destinados a apenas quatro publicações: “O Globo”, “Folha de S. Paulo”, “O Estado de S. Paulo” e “Valor Econômico”. A revista semanal “Veja”, líder do mercado, já chegou a ter R$ 43,7 milhões dessas verbas em 2009 (o seu recorde). Em 2014, desceu para R$ 19,9 milhões. Segundo a publicação, o meio internet já é o segundo que mais recebe publicidade estatal do governo federal. O Uol, maior portal do país com 39,8 milhões de visitantes únicos em dezembro de 2014, teve R$ 14,7 milhões de faturamento. O G1 e o portal Globo.com, somados, tiveram uma audiência de 34,1 milhões de visitantes únicos em dezembro de 2014. Receberam R$ 13,5 milhões de verbas federais de publicidade nesse ano. O Itaberaba Notícias não foi citado no levantamento. 🙁

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here