Secretaria mobiliza estudantes para etapas regionais dos projetos de arte e cultura

0

Cerca de mil estudantes lotaram o auditório do Colégio Estadual Governador Roberto Santos, em Paripiranga, município situado na região nordeste da Bahia, nesta quarta-feira (12), para participar da etapa escolar dos projetos de arte e cultura Tempos de Arte Literária (TAL), ‘Produção de Vídeos Estudantis (Prove), Festival Anual da Canção Estudantil (Face), Educação Patrimonial e Artística (EPA), Mostra de Dança Estudantil (Dance) e o Artes Visuais Estudantis (AVE).

“A final da etapa escolar já faz parte do calendário de eventos da nossa escola. É um momento esperado pelos estudantes, que se mobilizam para realizar essa grande festa. Os projetos estruturantes de cultura têm fundamental importância em nosso processo pedagógico”, enfatiza o diretor José Barbosa. O estudante do 2º ano, Silas Nascimento, relata o trabalho desenvolvido com seus colegas para o projeto EPA. “Fizemos um levantamento da história de nossa região, contando sobre as tradições, festas e datas comemorativas. Isso com certeza nos deu a condição de resgatar os valores de nossa terra”, diz.

Com a poesia “Sofremente”, a estudante do 1º ano, Mirla Lorena Cruz, falou sobre a polêmica da maioridade penal. “O meu objetivo foi questionar quem realmente é o culpado pela violência contra o menor. Produzir esse trabalho nos dá condição de expressar nossos sentimentos e a capacidade de melhorarmos como pessoas, pois temos uma intensa relação com os colegas durante o desenvolvimento destes trabalhos”.

Viodeoconferência

A Secretaria da Educação já começou a mobilização da comunidade estudantil para as etapas regionais dos projetos de arte e cultura. Uma das iniciativas foi a videoconferência ‘Os distintos fazeres artísticos na rede estadual de ensino: literatura, artes visuais, dança, cinema, música, canto coral e patrimônio’. O evento, realizado nesta quarta-feira (12), no Instituto Anísio Teixeira (IAT), reuniu professores, gestores e estudantes.

“A Bahia é pioneira e referência em projetos em que os estudantes são protagonistas do processo de produção de conhecimento. Estamos finalizando as etapas escolares e o próximo passo é a realização das etapas regionais. Serão 27 encontros preparatórios para a culminância, que acontece no 4º Encontro Estudantil, o maior encontro de estudantes criadores, seja nas artes, na ciência, nos esportes e na cultura.”, explica a coordenadora de Projetos Intersetoriais da Secretaria da Educação, Nide Nobre.

O diretor-geral e artístico dos Núcleos de Orquestras Juvenis e Infantis do Estado da Bahia (Neojiba), maestro Ricardo Castro, foi um dos palestrantes da videoconferência. Ele destacou os benefícios de implantar a arte na vida dos estudantes. “O Neojibá promove a integração social através da prática musical, acreditando que a prática artística é inerente ao desenvolvimento do ser humano. Temos a escola como uma das mais importantes ferramentas de integração, de desenvolvimento de jovens e crianças, e acreditamos que é lá que a arte deve ser inserida na vida do cidadão”, relatou o maestro.

link-zap
Loading...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here