Casal é assassinado por vizinho por causa de barulho. Caso ocorreu em São Paulo

0

casal24052013

De acordo com investigações da polícia, o casal assassinado em São Paulo e o vizinho que cometeu o crime estariam se desentendendo por causa de barulho há um ano. O crime ocorreu na noite desta quinta-feira (23), quando o empresário do ramo de metalurgia Vicente D’Alessio, 62 anos, invadiu o apartamento e disparou pelo menos seis vezes contra a dentista Miriam Cecília Amstalden Baida, 37, e seu marido, Fábio de Rezende Rubim, 40 anos. Depois, ele se matou dentro do elevador.

“O problema com barulho já era recorrente, havia discussão entre os vizinhos há cerca de um ano. A mulher do atirador contou que ele chegou do trabalho, começou a ouvir barulho e xingou os vizinhos na sacada, coisa que nunca tinha feito”, disse o delegado Andreas Schiffman.

No momento do crime, a filha do casal, de apenas 1 ano e meio, estava no apartamento, mas não se feriu. O casal morreu na hora.  O apartamento não apresentava sinais de arrombamento, vizinhos disseram que ouviram barulho de chutes.

Segundo a polícia, no dia assassinato o empresário reclamou do barulho de salto alto. “Naquele dia, segundo a mulher dele, eles ouviam barulho como se fosse de salto no piso, salto de madeira, ela fala. Parecia um barulho mais forte do que o de pessoas andando. Parecia alguém batendo com um salto de madeira no chão”, contou o delegado.

Testemunhas disseram que os vizinhos sempre discutiam por causa do barulho. Depois de atirar contra o casal, o assassino voltou ao seu apartamento para recarregar a arma, contou à mulher sobre o crime e se matou logo em seguida. Segundo a polícia, Vicente tinha posse de armas e usou um revólver calibre 38 registrado.


O post Casal é assassinado por vizinho por causa de barulho. Caso ocorreu em São Paulo apareceu primeiro em Varela Notícias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here