Casal é assassinado por vizinho por causa de barulho. Caso ocorreu em São Paulo

0

casal24052013

De acordo com investigações da polícia, o casal assassinado em São Paulo e o vizinho que cometeu o crime estariam se desentendendo por causa de barulho há um ano. O crime ocorreu na noite desta quinta-feira (23), quando o empresário do ramo de metalurgia Vicente D’Alessio, 62 anos, invadiu o apartamento e disparou pelo menos seis vezes contra a dentista Miriam Cecília Amstalden Baida, 37, e seu marido, Fábio de Rezende Rubim, 40 anos. Depois, ele se matou dentro do elevador.

A notícia continua após esta Publicidade

“O problema com barulho já era recorrente, havia discussão entre os vizinhos há cerca de um ano. A mulher do atirador contou que ele chegou do trabalho, começou a ouvir barulho e xingou os vizinhos na sacada, coisa que nunca tinha feito”, disse o delegado Andreas Schiffman.

No momento do crime, a filha do casal, de apenas 1 ano e meio, estava no apartamento, mas não se feriu. O casal morreu na hora.  O apartamento não apresentava sinais de arrombamento, vizinhos disseram que ouviram barulho de chutes.

Segundo a polícia, no dia assassinato o empresário reclamou do barulho de salto alto. “Naquele dia, segundo a mulher dele, eles ouviam barulho como se fosse de salto no piso, salto de madeira, ela fala. Parecia um barulho mais forte do que o de pessoas andando. Parecia alguém batendo com um salto de madeira no chão”, contou o delegado.

Testemunhas disseram que os vizinhos sempre discutiam por causa do barulho. Depois de atirar contra o casal, o assassino voltou ao seu apartamento para recarregar a arma, contou à mulher sobre o crime e se matou logo em seguida. Segundo a polícia, Vicente tinha posse de armas e usou um revólver calibre 38 registrado.


O post Casal é assassinado por vizinho por causa de barulho. Caso ocorreu em São Paulo apareceu primeiro em Varela Notícias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here