‘Só o meu travesseiro sabe o quanto sofri para fazer esse papel’, revela Caruso

0

Emocionado ao comentar o sucesso de Leleco, Marcos Caruso abre o coração e revela o quanto foi difícil construir o papel em Avenida Brasil. Ao ser apresentado às características principais de Leleco, quando ainda gravava a novela Cordel Encantado, o ator admite que se sentiu temeroso com o tamanho do desafio.

“Tenho 39 anos de carreira e nunca tinha feito nada parecido. Só o meu travesseiro sabe o quanto sofri para fazer esse papel. Pode parecer mentira ou que estou me valorizando, mas eu deitava à noite e dizia: ‘Meu Deus, o que vai ser de mim?’. Fiquei preocupado de cair em uma caricatura. Corri atrás, estudei e hoje, quando vou deitar, falo: ‘Que bom! Ficou mais uma vez provado que só o estudo, a obstinação e a persistência fazem com que você tenha sucesso no que se propõe'”, conta com a voz embargada.

Apaixonado por Leleco, Caruso o considera seu personagem mais popular de toda a carreira. Muito feliz com o reconhecimento, comemora a reação dos telespectadores. “As pessoas se acostumaram a me ver em novelas como o marido mais banana, o pai amoroso, o avô carinhoso ou um cara recatado. Coleciono mais dramas na carreira. Comédia na televisão acho que só tinha feito em Cordel Encantado. As pessoas estão conhecendo agora esse meu lado expansivo. Tenho recebido muitos parabéns nas ruas. Me sinto muito querido pelo público.”

Paulista de origem italiana, Caruso visitou o subúrbio carioca para conhecer os trejeitos da região e e chegou a se hospedar lá. Depois do “estágio”, ele revela que sua maior semelhança com Leleco é o jeitão expansivo, similar ao de sua família. “O italiano ri e chora com a mesma intensidade do suburbano, além de falar alto e usar gestos largos. Fui descobrir essas semelhanças depois de construir o personagem”, completa.

Curta e compartilhe novidades das novelas na nossa fan page do Facebook!

more info

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here