Publicado em : 15 de julho de 2012

Veja as fotos de Gretchen pelada

 

Clique aqui para ver todas as fotos de Gretchen nua

Maria Odete Brito de Miranda, (Rio de Janeiro, 29 de maio de 1959), mais conhecida como Gretchen é uma cantora, atriz e dançarina brasileira que é conhecida como a “Rainha do Bumbum” em razão do jeito como dançava, virando-se de costas para as câmeras de televisão e para a plateia, tornando-se a pioneira do gênero “Bunda Music”, vendeu mais de 12 milhões de discos apenas na passagem da década de 70 para a década de 80  e emplacou hit’s como “Freak Le Boom Boom”, “Conga, Conga, Conga” e “Melô do Piripipi (Je Suis La Femme)”, que alcançaram o 1º lugar na América Latina e em países hispânicos.

Nua ela faz a diferença Gretchen pelada em fotos históricas da Revista Status

grete nua

veja TODAS  as fotos  clicando aqui

Vida Profissional

Gretchen iniciou a carreira como “crooner” da orquestra do Maestro Zaccaro em 1976, o convite para integrar a banda veio após Maria Odete ter vencido o Festival do Colégio Objetivo.

Ainda na adolescência, integra o grupo As Melindrosas juntamente com as irmãs Sula Miranda, Sueli, Yara e a prima Paula, o primeiro Lp “Disco Baby” já estava pronto e já havia vendido meio milhão de cópias enquanto a gravadora Copacabana procurava 4 meninas para a divulgação do material, após a escolha e o início da divulgação com clip no programa Fantástico e várias outras aparições em programas de TV o Lp alcançou a marca de um milhão de cópias vendidas, e recebeu nota na revista musical Billboard,no período de 2 anos o Lp já havia vendido quatro milhões de cópias segundo o produtor Jorge Gambier, mas nesse período Gretchen já havia abandona o grupo e seguiu em carreira solo.

Em carreira solo (fim dos anos 1970, a Era Disco) seu primeiro trabalho foi com o compacto Dance With Me, pelo qual recebe um disco de ouro por mais de 150 mil cópias vendidas. A estreia de Maria Odete como “Gretchen” para o grande público da TV aconteceu no Programa Carlos Imperial, na extinta Rede Tupi. Seu nome artístico foi inspirado no título do filme Aleluia Gretchen.

“Gretchen” surgiu no ano de 1978 pelas mãos do argentino Santiago Malnati, conhecido nos meios musicais como Mister Sam. Em 1977, Sam a viu num programa de calouros junto com suas irmãs, que se apresentavam como “As Mirandas” e assumiu a sua carreira. Seus sucessos foram Freak Le Boom BoomConga Conga Conga e o Melô do Piripipi, (os dois primeiros receberam disco de ouro e o terceiro disco de platina) entre outros, mas pelas décadas seguintes é associada a estes seus mais conhecidos hits.

Neste período, Gretchen torna-se recordista por chegar a mil espetáculos em menos de três anos, sendo uma das mais bem sucedidas artistas brasileiras na época. Gretchen recebeu inúmeros prêmios da mídia, como por exemplo o troféu “Disco de Ouro” do programa do Chacrinha, prêmios de várias rádios como da Rádio América, e prêmios de festivais em estados diversos como do Festival do Disco no Rio Grande do Sul, e vários como revelação do ano, em seu início de carreira.
Gretchen vendeu cinco milhões de discos no Brasil apenas na passagem dos anos 70 para 80, mais dois milhões entre Argentina,Paraguai e Uruguai apenas com o disco My Name is Gretchen. Ela se apresentou na Coreia do Sul, por toda Europa e Estados Unidos, inclusive com shows de lambada, ritmo que era um hit no início da década de 1990. Até hoje é presente em shows, na TV e em disco, e é por muitos reconhecida como a pioneira de um estilo.

Gretchen posou nua pela primeira vez para a revista Status, fotografada por Cinira Arruda. Apareceu depois em outras revistas: Homem, Sexy, Hunter, Playboy e até para uma revista de circulação internacional. Ela também teve edições especiais da revista Homem, feitas especialmente para ela nos anos de 1984, 1985 e 1986. Seus nus foram feitos não apenas quando a cantora era jovem e estava no auge da fama, mas também quando já estava na faixa dos quarenta anos. Gretchen chegou a posar nua até mesmo quando estava grávida em 2003, aos 44 anos.

A carreira de Gretchen no cinema iniciou em 1979 em um filme infantil com suas irmãs, “Vamos Cantar Disco Baby”. Em 1982, Gretchen fez o filme Aluga-se moças, pornochanchada que contava também com a participação de Rita Cadillac e ganhou certo aspecto cult no Brasil. Rodou também “A Rota do Brilho”, de Deni Cavalcanti, ao lado de Alexandre Frota. Entre 2006 e 2008, participou de filmes com conteúdo erótico/adulto. A cantora também costumava a participar de vários quadros do Programa Silvio Santos e em outros quadros e atrações do SBT entre eles o game show Qual é a Música? patrocinado pelo Baú da Felicidadepertencente a Silvio Santos da qual por muitos anos fora uma das maiores vencedoras.

No ano de 2006, Gretchen assinou um contrato de 1,5 milhão com a produtora brasileirinhas para gravar 8 cenas que originariam três filmes pornograficos. Uma de suas exigências foi atuar ao lado do seu então marido Gutto Guitar. Apesar de criticas pelas fracas atuações, os filmes foram sucessos de vendas. A cantora declarou diversas vezes que esse trabalho é o seu maior arrependimento, mas que foi com seu cachê que conseguiu reerguer a vida financeira e a carreira.

Em 2012, integrou o elenco da quinta edição do reality show A Fazenda, mas desistiu da competição no início da sexta semana.

Vida política

Em 27 de abril de 2007, começa a se despedir da vida artística para ingressar na política. Filiada ao PPS, tentou a candidatura à prefeitura da cidade de Ilha de Itamaracá, obteve apenas 343 votos, ou 2,85% do total.

sugest
Deixe um comentário pelo Facebook:  

Notícias | Esportes | Concurso da PM