Adolescente inventa estupro para traficantes matarem o próprio pai em Salvador

0

Uma história trágica, e surreal ao mesmo tempo, foi registrada na Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI), em Brotas. A adolescente K.F.N, 14 anos, inventou para traficantes da região de Brotas ter sido estuprada pelo pai. Por conta da mentira, Célio Marques, 41 anos, foi morto a facadas, machadadas e pauladas em via pública no Engenho Velho de Brotas. O crime aconteceu no último dia 9 deste mês.

A polícia chegou até a jovem após o irmão dela e uma tia registrarem uma queixa dizendo que a adolescente havia caluniado o pai. Ela foi localizada um dia depois e “confessou o crime de forma muito fria”, contou a titular da DAI, Claudenice Mayo.

Ainda de acordo com Mayo, a adolescente justificou calmamente a sua atitude, dizendo que o pai “não dava liberdade para ela, não a deixava sair, nem namorar”. Célio chegou a ser encaminhado para o Hospital Geral do Estado, mas não resistiu aos ferimentos.

Testemunhas disseram que K.F.N acompanhou tudo à distância e que se divertiu com o crime. “Depois de assistir à morte, ela deixou o local como se nada tivesse acontecido”. A jovem ficou apreendida na sede da DAI, em Brotas, até a manhã de ontem, quando foi encaminhada para o Ministério Público. Caberá ao órgão adotar as medidas sócio-educativas que julgar necessárias. A privação de liberdade está entre elas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here