Aumento da maré: Tamar atrapalha vida de turistas e moradores em Praia do Forte

0

O aumento do nível do mar continua a assustar moradores de regiões costeiras em todo o mundo. Nesta quarta-feira (27), uma forte ressaca com ventos de 90 km/h e ondas de mais de 3 metros de altura fizeram com que o oceano invadisse uma avenida de Santos (SP), destruindo até mesmo as tradicionais muretas de contenção na orla. Um homem chegou a encontrar peixes dentro de um prédio e canoas foram parar em áreas de estacionamento.

Situações como esta deixam evidente a necessidade da construção de barreiras capazes de minorar eventuais danos causados a pontos turísticos por eventos da natureza. Estudos mostram que, até o fim do século, os oceanos devem aumenta em até 106 centímetros. Os órgãos de defesa precisam entender a necessidade da proteção das encostas e tomar medidas mais enérgicas em relação a construções que desrespeitem o meio ambiente sem motivo aparente.

É o que acontece, por exemplo, em um trecho de Praia do Forte, no município de Mata de São João. Na região, o Projeto Tamar invadiu e aterrou uma parte da praia, área pertencente à Marinha, para construir uma contenção. Porém, no terreno, foram instalados o bar Souza e uma boutique. A obra invadiu o trecho de areia do balneário, forçando turistas e moradores a entrarem em um condomínio fechado para chegar ao outro lado da praia. Contenções são necessárias, principalmente com a natureza mostrando cada vez mais a sua força. Mas este pode não ser o caso de Praia do Forte.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here