Cardeal de São Paulo é agredido em missa sob acusação de ‘comunismo infiltrado’

0

O cardeal de São Paulo, Dom Odilo Pedro Scherer, foi agredido após uma missa na Catedral da Sé, nesta quinta-feira (24). Dom Odilio sofreu escoriações. Segundo o UOL (Blog do Sakamoto), a mulher chegou a acusar o religioso e a CNBB [Conferência Nacional dos Bispos do Brasil] de serem “comunistas infiltrados”. Depois, ela avançou sobre o bispo, arrancou a mitra (peça usada na cabeça), e o derrubou no chão. Em nota, a assessoria de comunicação da Arquidiocese de São Paulo informou que a mulher apresentava “claros sinais de ser portadora de algum transtorno mental” e “se manifestava em voz alta durante a celebração”, informou a Agência Brasil. Ainda segundo a Arquidiocese, “o arcebispo ficou com algumas escoriações, sem gravidade”, mas irá presidir “todas as celebrações da Semana Santa, previstas em sua agenda”, diz a nota.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here