Com média de 20 mil atendimentos ao mês, Pontos Cidadão descentralizam prestação de serviços

0

Sete anos após o Governo do Estado inaugurar o primeiro Ponto Cidadão, no município de Central, no centro norte da Bahia, a população já conta com 18 unidades implantadas nas principais regiões do território baiano. Hoje, ao completar 20 anos de existência, o Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) pode comemorar também esta média positiva: são quase 20 mil atendimentos ao mês se somados os números gerais.

Com esse avanço, os moradores das localidades assistidas não precisam mais se deslocar até a capital ou cidades vizinhas para ter acesso à documentação básica. Atualmente, além do Ponto Cidadão de Central, há postos em Caetité, Camacan, Camamu, Coaraci, Cruz das Almas, Curaçá, Guarajuba, Inhambupe, Ipirá, Itaberaba, Luís Eduardo Magalhães, Maracás, Mucugê, Olindina, Presidente Tancredo Neves, Rio Real, Santa Maria da Vitória e Serrinha.

link-zap
Loading...

Criado com o objetivo de expandir o atendimento SAC para todo o estado, o Ponto Cidadão é um posto aprimorado para emissão de documentos essenciais ao exercício da cidadania, a exemplo de antecedentes criminais, carteira de identidade, carteira de trabalho e CPF. Os serviços de intermediação de mão de obra e de seguro-desemprego são ofertados nas unidades de Caetité, Camacan, Cruz das Almas, Guarajuba, Ipirá, Itaberaba, Luís Eduardo Magalhães, Santa Maria da Vitória e Serrinha. Já o Centro de Atendimento Previdenciário (Ceprev) funciona em todos os Pontos.

A proposta do Ponto Cidadão envolveu um modelo diferenciado, a partir de uma nova alternativa de parceria, baseada em atuações descentralizadas e no compromisso entre o Governo do Estado e prefeituras municipais. Essa capilaridade possibilita que os serviços sejam prestados a custos reduzidos.

Devido ao modo como foi concebido, o Ponto Cidadão é considerado de alta relevância social, já que viabiliza atendimento mais acessível e eficaz para a população carente. Entre as consequências da iniciativa, a participação do público em programas de governo e a busca por oportunidades no mercado de trabalho se destacam.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here