Começa etapa escolar dos Jogos Estudantis da Rede Pública

0

Começaram oficialmente, nesta quarta-feira (3) os Jogos Estudantis da Rede Pública (JERP). O JERP, que está completando 10 anos, em 2019, é considerado um projeto estratégico pela Secretaria da Educação do Estado para o processo de ensino e aprendizagem dos estudantes. Neste ano, além de envolver diferentes modalidades tradicionais como basquete, vôlei, futebol e xadrez, os jogos incluem modalidades inovadoras, que possuem referências nos territórios e que são sugeridas por cada NTE ou unidade escolar, a exemplo da argolinha, da natação no rio e do samba de roda, que têm uma expressão cultural sem necessariamente ter uma expressão competitiva.

A notícia continua após esta Publicidade

Realizado durante todo o ano, o JERP terá nas etapas escolares, municipais, polos, territoriais, zonal, regional e nacional. Na etapa escolar, a disputa das diferentes modalidades já está agitando as torcidas. Foi assim, por exemplo, no Centro Educacional Gilberto Viana, localizado em Itambé, onde as competições do JERP integraram o Festival de Jogos e Brincadeiras da unidade escolar, que segue até quinta-feira (4). A estudante Lívia Almeida, 15 anos, do 1º ano, está entusiasmada. “Participei das competições de bandeirinha, baleado e dodgeball, que se parece muito com o baleado, mas possui regras diferentes e, ao invés de uma bola, jogamos com dez bolas”, disse.

Encontro com articuladores

Paralelamente aos Jogos Estudantis, a Secretaria da Educação do Estado promoveu, na terça-feira (2), o 1º Encontro de Articuladores do JERP dos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTEs). A atividade, realizada no Colégio Estadual Euricles de Matos, em Salvador, teve o objetivo de discutir ações voltadas para o fortalecimento das práticas esportivas nas escolas por meio dos jogos estudantis, conforme destacou o coordenador executivo de Projetos Estratégicos da Educação, Marcius Gomes. “O encontro serviu para alinhar as orientações para o desenvolvimento dos jogos e reforçar a importância do esporte escolar como ferramenta de formação para a juventude”.

O articulador do Núcleo Territorial de Educação de Itabuna (NTE 05), Cristovam Crispim, comentou que “este encontro é essencial para o fortalecimento do JERP, pois temos a oportunidade de trocar nossas experiências e relatos. Além disso, discutimos sobre as modalidades esportivas que fazem parte da cultura local de cada território, a exemplo do surf, que realizamos na nossa região”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here