Conversa de Dilma com Lula pode ser desconsiderada pela Operação Lava Jato

0

A conversa entre a presidente Dilma Rousseff e Lula, ex-presidente e atual ministro chefe da Casa Civil, pode não valer nada para a Justiça. Isso porque o juiz Sérgio Moro mandou cortar o grampo por volta das 11h30 desta quarta-feira (16) e avisou imediatamente à Polícia Federal. Apesar disso, mesmo com a PF avisando à companhia telefônica, o sinal não foi cortado.

Nesta quarta, a Polícia Federal informou que incluiu tudo no relatório e que caberia a Sérgio Moro decidir se usava ou não o telefonema gravado fora do horário por ele estabelecido.

De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, um ministro do Supremo Tribunal Federal, em anonimato, avaliou que o grampo feito fora do horário estabelecido por Moro não vale nada. O STF é quem vai decidir se o grampo feito fora do horário autorizado por Sérgio Moro vale ou não.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here