Deputados receberam mais de R$ 9 mi em restituições da Alba em cinco meses; veja

0

De janeiro até maio deste ano, os deputados estaduais da Bahia receberam em verbas indenizatórias um total de R$ 9.058.839,40 milhões, segundo o Bocão News. A assessoria da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) informou que os parlamentares têm, mensalmente, a quantia de R$ 32 mil reais para gastar com aluguel de imóveis para escritórios, despesas concernentes a eles, aquisição de material de expediente, aquisição ou locação de software, serviços postais e de segurança, assinaturas de publicações, tv a cabo ou similar, acesso à internet, locação de móveis, equipamentos e telefone, consultorias, assessorias, pesquisas e trabalhos técnicos, divulgação da atividade parlamentar e locomoção e hospedagem.

Ainda de acordo com o site, os deputados podem não utilizar o dinheiro em um mês e usar R$64 mil, por exemplo, no próximo. A comprovação dos gastos passa por auditoria e acontece por meio de nota fiscal, segundo a Casa.

Um levantamento feito pelo Bocão News, através do site da Alba, apontou que os deputados de primeiro mandato Soldado Prisco (PPS) e Luciano Simões Filho (PMDB) são os que mais possuem gastos. Em cinco meses, Prisco foi restituído em R$ 192.702,55. Já Simões Filho, teve de volta R$ 191.011,61. A terceira colocação ficou por conta do líder da oposição, Sandro Régis (DEM), que, no mesmo período, utilizou R$ 189.520,00.

Já os deputados que menos gastaram foram Adolfo Viana (PSDB), Sidelvan Nóbrega (PRB) e Pastor Sargento Isidório (PDT). De acordo com o levantamento da Alba, Viana, em cinco meses, não havia sido reembolsado. Em contato com o Bocão News, o deputado disse que há um erro no dado disponilizado pela Casa. “Reconheco que tenho feito economia e devolvido recurso, mas que não é zero”, disse. Na ocasião, o tucano informou que, na próxima segunda-feira (13), enviará o valor correto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here