“É um erro muito grande”, diz Pelegrino sobre extinção do Ministério da Cultura

0

O secretário de Turismo da Bahia, Nelson Pelegrino, falou, durante a reinauguração da nova Concha Acústica do Teatro Castro Alves (TCA), nesta sexta-feira (13), sobre as expectativas do espaço que foi requalificado. “Vamos realizar grandes shows, eventos, semanas culturais e turísticas, que tornarão o destino de Salvador mais atrativo. Como disse o governador Rui Costa, isso aqui é uma etapa da reconstrução de todo esse equipamento. No primeiro momento, a Concha; depois, a sala do coro; e depois, o teatro principal. Quando a gente requalifica os equipamentos da cidade, estamos tornando o destino mais atrativo, induzindo o fluxo turístico”.

Questionado sobre um novo espaço de referência para shows na capital baiana, o secretário disse que ainda é algo que precisa identificar. “Temos o parque da cidade, que precisa ser devolvido, porque também tem uma mini-concha. Estamos trabalhando na requalificação do abaeté, que é um espaço também menor, mas comporta evento. Então estamos identificando os espaços existentes e estamos trabalhando nesse sentido.”

Pelegrino aproveitou a ocasião também para cutucar o presidente interino no governo, Michel Temer (PMDB), sobre o fim do Ministério da Cultura. “Devolver a Concha Acústica à cidade já é um grande presente no dia de hoje em que o mundo cultural está muito triste, porque houve a extinção do Ministério da Cultura. Achar que o Ministério [da Cultura] pode ser apêndice de outro ministério, é um erro muito grande. É um equívoco a decisão desse governo provisório”, disse.

link-zap
Loading...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here