Em nota, PM recomenda que ato a favor do impeachment seja em outro local

0

O governo do estado, por meio da secretaria estadual de Segurança Pública, solicitou que a Polícia Militar recomendasse que a realização de uma manifestação a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), que será votado no próximo domingo (17), não seja realizado na Barra. Em nota enviada ao Metro1, a Polícia Militar informa que o motivo da solicitação é porque os integrantes do movimento pró-governo já haviam informado à PM desde o dia 11 de abril sobre a realização de protesto no Farol da Barra, antes do movimento pró-impeachment, que informou no dia 12.

Leia a nota na íntegra:

No encontro realizado na manhã desta quarta-feira (13) entre a Polícia Militar e os movimentos do grupo pró-impeachment “Brasil Livre” (MBL), “Vem Pra Rua” e “Ordem dos Médicos do Brasil” (OMB), representados, respectivamente, por Eduardo Costa, César Leite e Mônica Bahia, foi sugerido pela Corporação para que a manifestação planejada para o dia 17/4 ocorresse em outro local, tendo em vista que os integrantes do movimento pró-governo já haviam informado à PM desde o dia 11 de abril sobre a realização de protesto no Farol da Barra. Já o grupo pró-impeachment protocolou o documento 12 de abril, no dia seguinte, para realizar o protesto também na mesma data (17) e local. Ao final da reunião, os representantes acima citados, após consultarem outros integrantes por telefone, informaram à PM que o protesto será realizado no domingo (17), às 14h, no Jardim de Alah. A PM ressalta ainda que não proibiu, e sim recomendou, e a mudança do espaço foi uma decisão consensual. O objetivo desta recomendação da Polícia Militar é garantir a segurança de todos os participantes e evitar confrontos.

link-zap
Loading...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here