Estados visitam Rede SAC para importar inovações do modelo de atendimento ao cidadão

0

Durante as comemorações pelos 20 anos da Rede SAC na Bahia, vinculada à Secretaria da Administração do Estado (Saeb), comitivas de outros estados visitaram, esta semana, unidades do Serviço de Atendimento ao Cidadão para importar ideias e inovações da gestão do SAC baiano. Pioneiro nesse tipo de prestação de serviço no País, o serviço já inspirou modelos de atendimentos semelhantes em vários estados e até no exterior.

Representantes do ‘Viva Maranhão’, serviço maranhense inspirado no SAC da Bahia, visitaram as unidades situadas no Salvador Shopping e no Bela Vista. Outra comitiva maranhense já havia estado na Bahia em 1997, para absorver o modelo do SAC baiano, que acabou resultando posteriormente no Viva Maranhão.

link-zap
Loading...

Dezessete anos depois, outra equipe do Maranhão retorna à Bahia para coletar informações da gestão baiana, que serão levadas em um relatório. A superintendente do Viva Cidadão, Nathália Mesquita, destacou a expansão do SAC, com aumento do número de unidades e sua capilaridade no estado (57 unidades no estado).

A superintendente ficou impressionada com o avanço tecnológico da rede baiana. “Achei interessante a modernização, o SAC teve um grande avanço tecnológico”. A Saeb vem investindo continuamente em tecnologia, desde 2008, implantando diversos sistemas que permitiram a realização de 40 milhões de atendimentos digitais por meio do portal, da internet móvel, do call center e do autoatendiomento nas unidades.

Nathália destacou ainda modelos de gestão da Rede SAC, como no caso da contratação de pessoal para manutenção das unidades, que utiliza um formato misto com servidores públicos e terceirizados. A chefe do departamento financeiro do Viva Cidadão, Clélia Serrão, elogiou a qualidade dos serviços do SAC: “Estou impressionada. Não é fácil ter uma essa prestação de serviço tão bem feita para o cidadão, com a integração de vários órgãos públicos”.

Outra visita

Na próxima semana, será a vez da delegação do estado do Acre visitar as unidades, em Salvador. No Acre, o serviço de atendimento inspirado no SAC baiano é batizado de OCA- Organização de Centrais de Atendimento.

Outros três estados brasileiros com iniciativas de atendimento baseadas no serviço da Bahia também estão participando dos eventos em comemoração aos 20 anos de fundação do SAC – o estado de Minas Gerais – com o UAI (Unidade de Atendimento Integrado); São Paulo, com o Poupatempo, e Goiás, com o Vapt-Vut.

Exportação do modelo

O Serviço de Atendimento ao Cidadão também já exportou seu modelo para Portugal – Lojas do Cidadão; para cidade de Bogotá, na Colômbia, onde foi batizado de Supercade, e também República Dominicana, no final de 2011, onde recebeu a denominação de Punto Gob.

Ainda no âmbito internacional, o SAC foi reconhecido pela Organização das Nações Unidas (ONU) como uma das melhores práticas existentes na área de prestação de serviços públicos. Dessa forma, passou a integrar a pauta dos produtos de exportação do Brasil, elevando o País à condição de polo difusor da transferência de know-how no atendimento ao público.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here