Hospital Martagão Gesteira pede socorro: ‘A gente não aguenta por muito tempo’

0

As entidades filantrópicas da Bahia lançaram campanha na última segunda-feira (2) para alertar a sociedade sobre a atual crise nos setores financeiros e a possibilidade de virem a fechar as portas. Ao todo, 48 Santas Casas foram fechadas nos últimos 10 anos; as Santas Casas baianas chegam a somar R$ 1 bilhão de dívidas e as do Hospital Martagão Gesteira somam R$25 milhões. O Superintendente da Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil, mantenedora do Hospital Martagão Gesteira, Antônio Novaes Júnior, afirmou que o principal motivo para que as entidades tenham chegado a esse patamar foi o fato de que a tabela do Sistema Único de Saúde (SUS) não é reajustada. “Hoje, com a defasagem existente, as contas entre receita e despesa não fecham e o resultado é endividamento, demissões e atrasos de pagamento”. Atualmente o Martagão Gesteira possui mais de R$ 25 milhões de dívidas, sendo R$ 5 milhões com fornecedores e médicos, que não recebem o pagamento há meses, e R$ 20 milhões são provenientes de empréstimos. “O Martagão Gesteira está pedindo socorro, a crise é séria, chegamos ao fundo do poço. Não podemos mais pedir empréstimos e pedimos que o governo olhe para essa instituição e a socorra, porque a gente não aguenta mais por muito tempo”, afirmou Antônio.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here