Hospital Roberto Santos atua na Prevenção ao Suicídio com psiquiatria hospitalar

0

Comemorado em 10 de setembro, o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio é uma importante data para alertar a população para a gravidade deste ato, que atinge cerca de 100 mil pessoas por ano, conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS). Apesar dos dados alarmantes, diagnóstico e tratamento adequados podem evitar mortes. Para garantir assistência ampla e qualificada aos pacientes com transtornos mentais, o Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) implantou, no último semestre, o serviço de psiquiatria na unidade.

De acordo com o coordenador da psiquiatria hospitalar no HGRS, Lucas Argolo, o suicídio é um fenômeno complexo, de múltiplas causas, que até hoje suscita grande debate na sociedade: “um tema que pode ser abordado numa visão filosófica, sociológica, religiosa ou clínica”.

A depressão, como destaca o psiquiatra, é o principal transtorno mental associado ao suicídio, acompanhado de transtorno bipolar, abuso e dependência a álcool e outras drogas, esquizofrenia e transtornos de personalidade. “Pacientes com diagnóstico de transtorno psiquiátrico e os que já tentaram suicídio previamente estão entre os pacientes com maior risco de suicídio”, afirma Lucas. Mais informações no site da Secretaria da Saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here