Lula fala em “guerra por votos” na Câmara: “Negociando o tempo todo”

0

Durante um evento realizado por movimentos sociais em Brasília na manhã deste sábado (16), o ex-presidente Lula comentou a “guerra por votos” quando o assunto é a decisão do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), que será votado no domingo (17). “Conquistar votos é uma guerra, parece a Bolsa de Valores, sobe e desce toda hora, então temos que ficar negociando o tempo todo. Hoje, eu ainda vou conversar com três governadores”, disse, segundo o Estadão.

Lula criticou o vice-presidente da República, Michel Temer, e disse que se ele quer ser presidente, precisa derrotar Dilma nas urnas. “O PMDB é um partido grande, o Temer pode se candidatar em 2018, e aí nós vamos debater, discutir ideias”, afirmou. “Por que tentar encurtar o mandato da Dilma se ela não cometeu nenhum crime de responsabilidade?”, questionou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here