Morre homem que ficou soterrado em buraco de 11 metros em SP

0

Morreu, no início da noite desta segunda-feira (8), o operário Favilson Alves, que ficou soterrado por cerca de oito horas em um buraco de aproximadamente 11 metros que se abriu na Rua Voluntários da Pátria, em Santana, Zona Norte de São Paulo. A queda ocorreu após o desabamento da obra de um poço artesiano. A confirmação do óbito foi feita pela Secretaria Estadual da Saúde.

O desabamento aconteceu por volta das 9h20. Alves, que trabalhava na obra, ficou soterrado por cerca de oito horas, até que, no fim da tarde, foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros e levado ao pronto-socorro do Conjunto Hospitalar do Mandaqui. Lá, foi constatada sua morte, segundo a secretaria.

Ao todo, 19 veículos dos bombeiros foram acionados na operação de resgate de Alves. Por volta das 12h, as equipes usavaram máquinas para retirar terra do local e tentar aumentar a largura do buraco, na tentativa de resgatar o operário.

No momento em que Alves foi encontrado, 14 equipes trabalhavam na área, informaram os bombeiros. Segundo a corporação, cerca de três metros de terra da parede do poço caíram sobre o homem.

link-zap
Loading...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here