MPF-BA denuncia organização criminosa por prejuízo de R$ 10 mi à Caixa

0

O Ministério Público Federal do Estado da Bahia (MPF-BA), através da comarca de Feira de Santana, denunciou à Justiça Federal na última sexta-feira (19) uma organização que supostamente causou prejuízo de R$ 10 milhões à Caixa Econômica Federal. A investigação é de um desdobramento da Operação Ali Babá, que foi iniciada em 2013, em Feira de Santana, e identificou o envolvimento de 11 pessoas, que foram posteriormente presas.  Os denunciados criavam empresas fantasmas e utilizavam “laranjas” para contrair empréstimos e abrir contas em diversos bancos. “A organização criminosa não quitava as dívidas. Houve obtenção de vantagem financeira indevida com o prejuízo alheio, o que implica em crime de estelionato”, afirmou o procurador da República Samir Cabus Nachef Júnior. De acordo com o MPF, David Viana, um dos réus, havia constituído mais de 1.000 empresas de fachada e utilizou sete nomes falsos para cometer os delitos. Ele deverá ser acusado de estelionato e tentativa de obter empréstimo fraudulento, além de comandar organização criminosa. Os outros dez réus irão responder por formação de organização criminosa. Quatro deles irão responder, ainda, por estelionato e falsidade ideológica.

link-zap
Loading...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here