PF é acionada pela oposição contra governo Dilma por abuso da máquina pública

0

No final da tarde deste sábado (16), a oposição na Câmara Federal acionou a Polícia Federal para denunciar o governo da presidente Dilma Rousseff (PT) por abuso da máquina pública ao conceder benefícios e nomear indicados de aliados em cargos no intuito de garantir votos contra o processo de impeachment que deve ser votado no próximo domingo (17).

A notícia-crime impetrada contra o governo foi elaborada pelo líder do DEM, Pauderney Avelino; o líder do PSDB, Antônio Imbassahy; Jovair Arantes, líder do PTB; Rubens Bueno, líder do PPS; e André Luís Dantas Ferreira, liderança do PSC.

Os alvos da ação são a presidente Dilma, o ex-presidente Lula, atualmente hospedado no Hotel Tulip, na capital federal; a ministra interina da Casa Civil, a baiana Eva Chiavon; o ministro da Justiça, Eugênio Aragão; Aloízio Mercadante, ministro da Educação; Jaques Wagner, ministro-chefe de Gabinete da Presidência da República; Edinho Silva, ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República; José Eduardo Cardozo, advogado-geral da União; Luiz Navarro, ministro-chefe da Controladoria-Geral da União; Ricardo Vieira Coutinho, governador da Paraíba; Waldez da Silva, governador do Amapá; Camilo Santana, governador do Ceará; e José Wellington Barroso de Araújo, governador do estado do Piauí.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here