Polícia nova iorquina não acredita que explosão no Central Park tenha sido atentado

0

O representante da polícia nova iorquina, John O’Connell, afirmou que as forças de segurança da cidade norte americana não tem motivo para atribuir a explosão ocorrida no Central Park neste domingo (3) a um atentado terrorista. Segundo informações do New York Daily News, a explosão arrancou o pé de um jovem de 18 anos, turista do estado de Virgínia (EUA). O caso foi registrado perto do local onde ocorria a cerimônia pública do escritor americano de origem judaica Elie Wiesel, Prêmio Nobel da Paz de 1986. “Não temos indicações de que essa explosão tenha algo a ver com terrorismo”, informou a emissora norte-americana CNN, em citação a O’Connell. A polícia acredita que a explosão foi provavelmente “resultado de um experimento”. A primeira hipótese era de que fogos de artifício tinham provocado a detonação. Segundo testemunhas, a explosão não foi grande. O’Connell informou que um embrulho com um explosivo fraco, que pode ser fabricado por um amador usando objetos comuns, estava no local do incidente há mais de 24 horas. O policial disse que nada “indica perigo ou ameaça” ao 4 de julho, feriado nacional comemorado nesta segunda-feira, quando é comum o uso de fogos de artifício.

link-zap
Loading...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here