Revista dá detalhes de investigação contra Neymar por sonegação fiscal

0

A revista Veja deu detalhes sobre a investigação contra o craque da seleção Brasileira e do Barcelona. Uma denúncia foi feita para o Ministério Público contra Neymar, por falsidade ideológica e sonegação fiscal. Seu pai também estaria envolvido, junto com o ex e o atual presidente do Barcelona. Esses crimes tem penas que podem chegar a 5 anos de reclusão.

Segundo a acusação feita pelo procurador Thiago Lacerda Nobre na última quarta-feira, Neymar pai e filho criaram empresas de fachada e modificaram documentos para pagar menos impostos.

“Fica muito claro que Neymar e seu pai constituíram as empresas com o único objetivo de receber por elas os valores dos contratos e assim pagar menos impostos”, afirmou o procurador à revista.

A acusação afirma, também, que de 2010 a 2013, Neymar recebeu 43,78 milhões de reais do Santos, mas só 8,1 milhões em forma de salário, como pessoa física. O restante foi por meio dos “contratos de imagem” firmados com suas empresas.

“Nesses casos, acreditamos que o direito de imagem foi utilizado para substituir o salário do jogador. Assim, tanto o atleta quanto o clube pagam menos impostos. Só que, na verdade, há uma relação trabalhista mascarada como prestação de serviços” explicou Kleber Cabral, vice-presidente da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Unafisco), à Veja.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here