Salvador registra 260 novos casos de tuberculose em 2016, diz secretaria

0

Salvador já registrou 260 novos casos de tuberculose em 2016, de acordo com dados da Secretaria Municipal da Saúde. Segundo a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), entre 2013 e 2015, mais de 14 mil baianos tiveram a doença e, dentre eles, mais de 1,1 mil morreram.

A tuberculose é uma inflamação no pulmão, provocada por uma bactéria, e pode ser transmitida pela tosse ou pela fala de alguém infectado. Os sintomas incluem tosse por mais de três semanas, febre no final da tarde e muito suor durante a noite. O tratamento é feito com quatro medicamentos diários, durante seis meses.

Segundo a pneumologista Tatiana Galvão, a chance de cura é muito alta se o paciente faz o tratamento regular, entretanto ela destaca que o abandono ou a interrupção do tratamento é o principal motivo para o agravamento dos casos na Bahia. “A partir do momento em que o paciente abandona, podem ocorrer mutações, esse bacilo vi a ser mais resistente e o paciente ter que tomar medicações por um tempo mais longo”, afirma.

“Aos primeiros 15 dias de uso da medicação, o paciente se sente bem. A tosse, que no início é persistente por mais de 3 semanas, começa a melhorar, a febre desaparece, o paciente começa a ganhar peso. E nesse momento ele acha que pode abandonar o tratamento, deixar um pouco de retomar”, diz a médica.

Foi caso da dona de casa Edileuza dos Santos, parou o tratamento no meio do caminho. As dores voltaram, o pulmão sangrou e há 15 dias ela precisou passar por uma cirurgia. “Saí da dieta, não tomei o remédio, fumava, bebia”, conta Edileuza.

Já a estudante Patrícia Almeida, fez o tratamento corretamente e ficou completamente curada. “É só tomar o remédio e seguir o tratamento, para a doença não voltar pior”, diz.

link-zap
Loading...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here