Suspeito vai à delegacia buscar carro e é preso por morte de policial

0

Dois homens suspeitos de envolvimento com a quadrilha responsável pela morte do cabo da Polícia Militar, Elias de Santos Souza, foram presos na manhã desta quinta-feira (21), em Salvador. A informação foi divulgada  pela assessoria da PM e pelo comando da 41ª CIPM (Federação). De acordo com a polícia, um dos detidos foi localizado no momento em que tentava retirar da Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) o carro usado na fuga do crime. “Ele foi na delegacia buscar o carro usado no crime, alegando ser proprietário”, conta o major Raimundo Mário Bonfim Ferreira da Silva, comandante da 41ª CIPM.

Segundo o major, o veículo está apreendido no pátio da unidade da Polícia Civil e é alvo da investigação da morte do policial. O carro não tinha registro de roubo. O comandante da 41ª CIPM informou ainda que o homem detido que alegou ser dono do veículo disse aos policiais que foi vítima de roubo.

casal_preso
Casal preso por integrar quadrilha que tem envolvimento com a morte do PM na Federação. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Ainda segundo o major, o outro preso nesta quinta suspeito de envolvimento no crime tem 23 anos e foi localizado por policiais da 41ª CIPM, após investigações, nas proximidades da rodoviária de Salvador. Ao ser levado para o DHPP, segundo a PM, o rapaz teria apontado o dono do carro como comparsa na fuga do crime.

Até está quinta-feira, cinco pessoas foram presas suspeitas de participação na morte do policial, que ocorreu na terça-feira (19), e de envolvimento com a quadrilha responsável pelo crime. Um casal foi preso ainda na terça e um homem foi preso na noite de quarta-feira (20). Segundo a PM, um sexto suspeito de ter envolvimento na ação ainda é procurado.

O delegado Odair Carneiro, da Delegacia de Homicídios Múltiplos do DHPP, conduz as investigações do crime. Nesta quinta, o delegado não foi localizado pela reportagem para comentar as prisões. A assessoria da Polícia Civil também não foi encontrada.

Crime
O cabo da PM Elias de Santos Souza foi morto na terça-feira em uma tentativa de assalto, no bairro da Federação. De acordo com a polícia, a vítima foi abordada na Rua Pedro Gama, logo depois de sair de uma clínica ortopédica que fica no bairro do Canela. Integrante do Departamento de Promoção Social (DPS) da PM, o policial fazia o acompanhamento de rotina de um colega de trabalho que foi atropelado por uma moto durante uma blitz em Cruz das Almas, a cerca de 150 km de Salvador.

O policial chegou a ser encaminhado para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Em nota, a Polícia Militar lamentou a morte do policial. O enterro do PM foi realizado na quarta-feira (20), no Cemitério Bosque da Paz. Elias trabalhava como policial havia 22 anos.

link-zap
Loading...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here