Temer nomeia acusada de integrar articulação criminosa como secretária

0

O Diário Oficial da União desta sexta-feira (3) publicou a nomeação da ex-deputada Fátima Pelaes (PMDB-AP) como secretária de políticas para as mulheres, vinculada ao Ministério da Justiça. Segundo a Folha de S. Paulo, ela é apontada pelo Ministério Público Federal (MPF) como integrante de uma “articulação criminosa”. De acordo com investigação da Procuradoria-Geral da República, Pelaes é suspeita de envolvimento em um esquema revelado pela Operação Voucher, em 2011. Ela teria indicado uma ONG fantasma para receber R$ 4 milhões de emendas para promover o turismo no Amapá. O inquérito foi aberto em 2013 pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e está na Justiça Federal do Amapá.

link-zap
Loading...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here