Após quase 18 mil reclamações, PGR decide apurar conduta de Bolsonaro

0

A Procuradoria-Geral da República (PGR) decidiu abrir investigação para apurar a conduta do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ). Desde o último domingo (17), o órgão recebeu 17,8 mil reclamações de cidadãos que criticaram a conduta do parlamentar durante a votação da abertura do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

Em seu discurso antes de proferir o voto, Bolsonaro ‘homenageou’ o coronel Carlos Brilhante Ustra, reconhecidamente um dos maiores torturadores da ditadura militar brasileira. Segundo a PGR, as reclamações foram recebidas em todo o país por meio de um serviço eletrônico do Ministério Público Federal (MPF) que permite aos cidadãos denunciar qualquer tipo de crime.

O procedimento aberto pela Procuradoria será analisado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, já que Bolsonaro é deputado e, como parlamentar, tem direito ao foro de julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF).

15749,apos-quase-18-mil-reclamacoes-pgr-decide-apurar-conduta-de-bolsonaro-2

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here