‘Eu nem a conhecia’, diz Bolsonaro à Fox News sobre Marielle

0

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi questionado sobre o caso Marielle Franco (PSOL-RJ) em entrevista à rede de TV norte-americana Fox News, exibida ontem (18), e declarou que não teria qualquer motivo para ser mandante do assassinato da vereadora, pois “nem a conhecia”. Além disso, ele voltou a dizer que Adélio Bispo de Oliveira, acusado de esfaqueá-lo durante ato de campanha em setembro, seria filiado ao PSOL.

A notícia continua após esta Publicidade

“A mídia sempre me criticou e quer criar uma conexão clara entre uma coisa e outra. (…) Que tipo de motivação eu poderia ter para ser o mandante de qualquer tipo de assassinato? Eu nem a conhecia. No entanto, a pessoa que me esfaqueou era filiada a um partido de esquerda, o PSOL. Ninguém na mídia disse que a esquerda tentou matar Jair Bolsonaro. (…) Alguns deles ficaram frustrados, provavelmente, porque eu não morri”, afirmou, em entrevista dublada em inglês.

Ele ainda comentou a controvérsia envolvendo o vídeo escatológico publicado em seu perfil no Twitter. Segundo Bolsonaro, a postura adotada por ele foi a mesma que o levou a ser eleito: de “ser franco” e defender as famílias.

Bolsonaro afirmou que a questão da Venezuela será o principal assunto a ser debatido com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, no encontro que acontece hoje (19).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here