Jean Wyllys diz se orgulhar de ter cuspido em Bolsonaro

0

Em entrevista ao jornalista Pedro Bial na Rede Globo, o ex-deputado federal Jean Wyllys comentou a cuspida que deu no rosto do presidente Jair Bolsonaro. O episódio ocorreu em 2016 durante o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, quando Bolsonaro ainda era deputado.

– Foi um transe que aconteceu. Aquela figura [Bolsonaro] me enojava tanto, ele ter elogiado um torturador, ele me chamar de “queima-rosca” ali, naquele momento, naquela hora, que foi a reação que eu tive. Então cuspi na cara dele (…) Quero dizer que não me arrependo de nada, tenho orgulho de ter feito isso – explicou.

O ex-deputado já explicou que já era vítima da violência de Jair Bolsonaro há anos e acabou “acumulando” tudo.

A notícia continua após esta Publicidade

– Era um acúmulo de tudo, de anos de assédio moral, de violência contra mim, de xingamentos sem que as pessoas reagissem, de uma naturalização daquela violência que ele praticava, de ele tratar minha homossexualidade como um meio de me difamar – ressaltou.

A entrevista completa vai ao ar na noite desta quinta-feira (11).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here