Lula critica parábola bíblica na Bahia

1

Durante seu discurso de pouco mais de 15 minutos no Lançamento do Plano Safra de Agricultura Familiar da Bahia 2011/2012, nesta quinta-feira (22), no Hotel Stella Maris, em Salvador, o ex-presidente Lula falou para uma platéia de cerca de mil pequenos agricultores a sua opinião sobre o versículo 25, capítulo 18, do Evangelho de São Lucas. O excerto contém a parábola que Jesus fez para falar sobre o consolo dos pobres que levam a vida de privações, mas que ao morrer teriam “tesouros espirituais”. “Bobagem, essa coisa que inventaram que os pobres ‘vai’ ganhar o reino dos céus. Nós queremos o reino agora, aqui na Terra. Pra nós inventaram um slogan que tudo está no futuro – é mais fácil um camelo passar no fundo de uma agulha do que um rico ir pro céu (sic). O rico já está no céu, aqui. Porque um cara que levanta de manhã todo o dia, come do bom e do melhor, viaja para onde quer, janta do bom e do melhor, passeia, esse já está no céu. Agora o coitado que se levanta de manhã, de sol a sol, no cabo de uma enxada, não tem uma maquininha para trabalhar, tem que cavar cada covinha, colocar lá e pisar com pé, depois não tem água para irrigar, quando ele colhe não tem preço. Esse vai pro inferno”, criticou. Informações do A Tarde.

1 COMENTÁRIO

  1. Lula tem um discurso de quem é pobre, mas na verdade desfruta da miséria alheia para inspiração de seus discursos populistas.
    Por que nunca deu explicações sobre a corrupção em seus governo, principalmente da quadrilha do seu partido o PT? E o enrriquecimento rápido de seu filho por meio de contratos arranjados com o governo?
    Só faltava tentar argumentar sobre a sabedoria de Jesus o Cristo.
    Sabemos que a referência bíblica se refere a consciência de quem somos independente do que vivenciamos na terra. E ele se faz de desentendido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here