Viagem de Rui a China e EUA custou mais de R$ 400 mil

0

Em tempos de crise financeira, custou mais de R$ 400 mil aos cofres públicos a viagem do governador Rui Costa (PT) aos Estados Unidos e à China, realizada de 6 a 16 deste mês. Por dia, os gastos com a comitiva do governo em Washington, Nova York e Pequim foram, em média, de R$ 40 mil. As despesas incluem passagens aéreas, hospedagem, alimentação, transporte local, diárias e custos não especificados dos membros que acompanharam o petista. O volume de pagamentos para bancar a missão internacional do Palácio de Ondina foi dividido em três contas, de acordo com informações obtidas pela Satélite na página de transparência do governo.

A notícia continua após esta Publicidade

Maior de todas
Para a primeira conta, foram repassados R$ 234 mil à Decolando Turismo e Representações, empresa de Brasília contratada pelo gabinete do governador para prestar serviços de agenciamento de viagens. Todos os pagamentos para empresa foram realizados de 29 de abril à última sexta, um dia após o retorno do governador.

Trocando em graúdos
A segunda conta usada para pagar os custos com a viagem de Rui Costa soma R$ 140 mil, que foram repassados diretamente para duas servidoras lotadas no gabinete do governador, responsáveis pelo planejamento da missão nos EUA e na China. Ainda segundo o portal de transparência, a verba foi usada para cobrir despesas com viagem não especificadas e para passagens e despesas com locomoção. Por fim, a missão custou ainda R$ 26,6 mil em diárias, sendo R$ 18,1 mil para as duas funcionárias e R$ 8.499 para o próprio governador. Além dos dois países, o governador também fez uma visita à Alemanha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here