Itaberaba participa do Selo UNICEF pela primeira vez

0

Itaberaba deu um passo importantíssimo para o fortalecimento das políticas públicas voltadas para a redução das desigualdades e garantia dos direitos de crianças e adolescentes com a adesão do município ao Selo UNICEF (Edição 2017/2020).

Em evento realizado na tarde de ontem, 20, na Sala Profª. Regina Esteves Cerqueira do Centro de Atendimento à Educação Básica e Formação Continuada (CENACOM) Pe. Giovanni Caneva, a Prefeitura de Itaberaba, através da Secretaria Municipal de Ação Social e Cidadania (SMASC), apresentou a Metodologia Completa desta edição do Selo e o calendário de implementação das atividades até 2020.

Participaram do encontro o prefeito Ricardo Mascarenhas, a vice-prefeita Maria José, a secretária de Ação Social e Cidadania, Suzana Matias, o secretário de Governo, Davi Anjos, a secretária de Comunicação, Marigilza Mascarenhas, o secretário de Administração, Manoel Vaz Sampaio Neto, o secretário de Esportes, Luiz Alberto do Bomfim, o secretário da Fazenda, Natanaelson Miranda, a secretária de Cultura, Nalva Nolácio e o superintendente Municipal de Trânsito e Transportes, Raul Jones.

Além deste, participaram, ainda, a presidenta do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA), Clécia Silva, a Articuladora do Selo, Noemi Tolentino, a Articuladora de Jovens, Rafaela Costa Santos, e representantes da Secretaria Municipal de Educação (SMED), de Agricultura (SEAMA) e do Conselho Tutelar.

O Selo UNICEF

O Selo UNICEF é resultado da parceria entre o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e governos estaduais e municipais por meio da atuação integrada entre diferentes níveis de governo voltados para a defesa dos direitos de crianças e adolescentes.

A importância do Selo decorre dos avanços na melhoria da qualidade das políticas públicas voltadas para este público. A iniciativa vem contribuindo para que o Brasil alcance os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) relacionados à população de até 17 anos, reduzindo as disparidades regionais.

Durante cada edição do Selo, o UNICEF capacita gestores e técnicos das secretarias municipais e conselheiros de direitos e adolescentes para qualificar a elaboração e execução das políticas públicas e para estimular que elas continuem mesmo após o fim de cada edição.

A Metodologia

A Metodologia do Selo inclui Ações Estratégicas que o município precisará realizar e Indicadores de Impacto Social que apontam os aspectos nos quais o município precisará melhorar relacionados aos direitos à saúde, educação, proteção e participação social de crianças e adolescentes.

A metodologia tem a função de auxiliar o município na construção de um planejamento de acordo com a realidade local, envolvendo todos os atores municipais, de forma coordenada e intersetorial, com foco na gestão por resultados.

O cuidado com o futuro de Itaberaba

O Governo Cidade de Todos tem demonstrado, através do trabalho sério e focado na melhoria da vida das pessoas, que não haverá trégua na luta pela defesa dos direitos de crianças e adolescentes em Itaberaba. A inciativa de aderir ao Selo UNICEF deixa claro que este cuidado inclui, prioritariamente, crianças e adolescentes.

Para a secretaria de Ação Social e Cidadania, Suzana Matias, “o Selo é um desafio para a nossa gestão porque sabemos da sua importância e significado para o desenvolvimento de nossa cidade”, disse. Em sua avaliação, o cuidado com a criança e com o adolescente, “é uma preocupação da gestão, é uma preocupação especial do prefeito Ricardo e é uma preocupação minha também. Mas este cuidado só se efetivará com a participação intersetorial de todas as áreas envolvidas com as políticas de proteção e garantia de direitos”, finalizou.

O prefeito Ricardo Mascarenhas ressaltou a importância do Selo para o município, destacando que “os municípios certificados com o Selo avançaram muito mais na melhoria dos indicadores sociais do que outros municípios, com características socioeconômicas e demográficas semelhantes, mas que não foram certificados ou se inscreveram no Selo”, disse. O gestor pontuou, ainda, a sua confiança na superação desse desafio: “Não tenho dúvida de que, com a Gestão unida neste propósito, nós vamos vencer e conquistar este Selo”, finalizou.

Os municípios são agrupados, dentro de seus Estados, considerando suas características demográficas e socioeconômicas. São certificados, ao final de quatro anos, os municípios que alcançam as pontuações mínimas tanto no eixo das Ações Estratégicas quanto no eixo dos Indicadores de Impacto Social, conforme estabelecido no Guia Metodológico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here