Último dia do São João de Paripe atrai mais de 70 mil pessoas

0

Dois dos nomes mais disputados dos festejos juninos nordestinos desembarcaram em Salvador, neste domingo (24), para cantar para uma verdadeira multidão no segundo dia do São João de Paripe. Marília Mendonça e Devinho Novaes atraíram mais de 70 mil pessoas para a Praça João Martins.

Ansiosa para ver os artistas, a fisioterapeuta Eliene Luciano levou a filha, Maria Isabel, e confessou que esperou “muito tempo para ver de pertinho a cantora Marília Mendonça e ouvir os sucessos ‘Infiel’ e ‘Amante não tem lar’”. Eliene completou afirmando que “Devinho Novaes também é um querido. Sou fã”.

Marília Mendonça não decepcionou. Quem foi a Paripe escutou as músicas mais pedidas nas rádios brasileiras e cantou junto com a sertaneja. O que se viu foi uma imensa sintonia entre a multidão presente e a artista. “Estou muito feliz de poder tocar aqui e fazer parte de uma festa tão grande como essa. Principalmente em Salvador, uma cidade que já me deu tantas alegrias”.

Tradição

Iniciativa do Governo do Estado, por intermédio da Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa), o São João de Paripe já se tornou tradição para quem fica na capital baiana. Este é o quarto ano da festa, que nessa edição somou quase 100 mil pessoas no
sábado (23) e domingo (24).

“Quarto ano consecutivo de festa aqui no Subúrbio. Já passaram grandes nomes do cenário nacional, consolidando o formato que o Governo do Estado estabeleceu. Vale lembrar que levamos a cultura mais tradicional do forró para o Pelourinho, que também é um grande sucesso”, explicou o superintendente da Bahiatursa, Diogo Medrado.

Presente em Paripe, após conferir a festa no Pelourinho, o governador Rui Costa lembrou que “todos os anos, o São João da Bahia é um sucesso, e esse ano foi ainda melhor, porque não choveu”.

Além de Marília Mendonça e Devinho Novaes, subiram ao palco os cantores Dinho Santos, Mariana Fagundes e Johny Paixão. No sábado (23), primeiro dia da festa, quatro bandas locais e o cantor sertanejo Felipe Araújo sacudiram a plateia.

Mais de 160 cidades, situadas em diferentes regiões do território estadual, receberam o apoio do governo baiano e o patrocínio do Banco do Brasil e da Schin para a realização do São João da Bahia. Assim como em Paripe, o Centro Histórico e os Largos do Pelourinho, destinos também tradicionais de quem não viaja para o interior, contaram com o apoio da Bahiatursa e reuniram cerca de 80 atrações, neste final de semana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here