Guterres avisa que guerra na Síria ameaça todos em toda a parte

0

Fim da confrontação é a prioridade do novo secretário-geral da ONU. O presidente sírio, Bashar al-Assad, diz que a Guerra Fria não acabou e que o seu país é apenas um dos teatros da disputa entre os Estados Unidos e a Rússia

Acabar com a guerra na Síria será a prioridade do novo secretário-geral das Nações Unidas. Nas primeiras entrevistas após a nomeação para o cargo, na quinta-feira, António Guterres afirmou que essa deve ser a principal preocupação da comunidade internacional, numa altura em que o nível de sofrimento dos sírios se tornou insuportável e que as implicações do conflito vão muito para além do nível regional.

“Esta é uma guerra em que ninguém está a ganhar. É uma tragédia para o povo sírio, é uma ameaça para a estabilidade da região e é uma ameaça para a segurança de todos em toda a parte”, afirmou, numa entrevista à France 24. “Estamos a testemunhar uma multiplicação de conflitos, cada vez mais interligados e cada vez mais relacionados com o terrorismo global. Mesmo quanto temos países com perspetivas diferentes e interesses diferentes no terreno, o interesse de pôr fim ao conflito deve prevalecer. As diferenças entre [os diversos Estados com influência no conflito] são mínimas quando comparadas com o interesse na paz”, sublinhou o ex-primeiro-ministro português, que a 1 de janeiro sucede ao sul-coreano Ban Ki-moon na ONU.

link-zap
Loading...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here