‘Brincadeira’ de WhatsApp vira caso de polícia em Feira de Santana

0

O que começou como uma brincadeira em um grupo de WhatsApp virou caso sério de polícia em Feira de Santana, após a foto do estudante Felipe Almeida ser relacionada e compartilhada com uma falsa notícia de estupro ocorrida no município. A “brincadeira” de mau gosto começou na última semana e foi preciso que o estudante acionasse a polícia.

Na delegacia, Felipe contou que a montagem foi vista por uma amiga em um grupo de WhatsApp e a jovem o alertou sobre o risco que sofria caso fosse confundido ou reconhecido como o suposto estuprador. “Foi preciso prestar uma queixa para me resguardar e também buscar que os responsáveis por essa brincadeira sejam punidos”, disse o jovem.


4015351_x360

De acordo com a delegada Ludmila Vilas Boas que investigará o crime, não é a primeira vez que a Polícia é acionada em casos como estes e é possível identificar as pessoas que utilizam a ferramenta para cometer crimes, ressaltando que Felipe foi exposto de uma forma irresponsável.

“Iremos identificar quem fez a montagem com a foto do estudante bem como as pessoas que continuarem a propagar a falsa notícia. Após serem identificadas, essas pessoas serão indiciadas pelo crime de calúnia”, informou a autoridade policial lembrando que “as pessoas têm que ter cuidado com o que compartilham. É aconselhado que ao receber as informações via WhatsApp, sem terem certeza de que são verídicas, que não compartilhem, antes de se certificar se a informação é verdadeira, para não estar praticando um crime e acusar injustamente pessoas inocentes”.

link-zap
Loading...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here